Aldeia de Almeida isolada devido a contacto com emigrante infetada

Cerca de 150 pessoas começaram a ser testadas ontem para Covid-19, numa zona especial do quartel dos Bombeiros da Guarda, depois de terem contactado com uma emigrante infetada com coronavírus. A mulher, uma septuagenária a residir em França, deslocou-se à terra natal, Parada, no concelho de Almeida, para participar num batizado, e agora toda a aldeia está isolada pelas autoridades, de acordo com a SIC. Os testes revelarão se a mulher contagiou alguma das pessoas com quem privou. A doente está internada no Hospital Sousa Martins, na Guarda, juntamente com outros seis infetados (de diferentes zonas do país), sob cuidados da equipa liderada pelo pneumologista Luís Ferreira. Fonte: Jornal do Fundão

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *