Atualização das medidas tomadas no âmbito do Plano de Contingência / Estado de Emergência em Pinhel

No âmbito do Plano de Operações Municipal do Município de Pinhel para fazer face à pandemia de COVID-19, foram implementadas as seguintes ações e medidas (a somar às que já tinham sido adotadas e implementadas): 1) Na passada sexta-feira, dia 20 de março, o Município de Pinhel preparou um espaço no Centro Logístico, de modo a poder acolher e salvaguardar eventuais necessidades de isolamento.
2) Nesse mesmo dia (20 de março), a pedido do Centro de Saúde de Pinhel, e de modo a minimizar o risco de contágio de COVID-19, o Município de Pinhel instalou uma tenda nas imediações do Centro de Saúde.
O acesso dos utentes continuará a ser feito pelo Serviço de Urgência, sendo que a tenda será utilizada apenas em caso de necessidade e por indicação do pessoal afeto ao Centro de Saúde.
3) No âmbito das medidas decretadas para o Estado de Emergência em vigor em Portugal, e cabendo às autarquias locais definir o número máximo de pessoas a participarem em cerimónias fúnebres, o Município de Pinhel decretou o limite máximo de 10 (dez) pessoas / acompanhantes. Segundo orientações da Diocese da Guarda, devem ser evitados os velórios abertos ao público. Devem ainda ser evitados os cortejos fúnebres, devendo as urnas permanecer sempre fechadas, desde o velório até à última encomendação. 4) Ciente de que muitos Pinhelenses residentes noutras zonas do País ou Pinhelenses emigrados pretendem, por estes dias, regressar a Pinhel, concelho onde têm as suas raízes e o seu lar, o Município de Pinhel está a apelar à melhor compreensão de todos para que eventuais “regressos” não coloquem em causa a saúde pública do concelho. Assim, o Município de Pinhel pede aos emigrantes / pinhelenses residentes noutras zonas do país que eventualmente regressem a Pinhel que cumpram de modo voluntário e responsável o isolamento social recomendado de 14 dias. Nesta recomendação, uma chamada de atenção especial para o contacto com os idosos, um dos grupos mais vulneráveis ao COVID-19. 5) Face ao pedido de isolamento social que está ser feito às populações, e nomeadamente aos mais idosos, o Município de Pinhel organizou um serviço de apoio destinado a idosos ou pessoas que estejam isoladas, de modo a dar resposta à necessidade de medicamentos, alimentos ou outros bens essenciais. Assim, em cada Freguesia, quem precise deste serviço de “entrega ao domicílio” poderá solicitá-lo por telefone, havendo em todas as freguesias alguém responsável por este contacto / serviço. O pedido também poderá ser feito através do Gabinete de Ação Social do Município de Pinhel.
Contactos para pedidos de apoio:
Alto do Palurdo | 963 345 288
Alverca da Beira / Bouça Cova | 966 391 536
Atalaia / Safurdão | 918 844 201
Ervedosa | 968 195 210
Freixedas | 932 451 016
Lamegal | 966 422 586
Lameiras | 969 951 353
Manigoto | 963 814 735
Pala | 965 888 724
Pinhel | 919 358 118
Pínzio | 962 874 569
Souropires | 965 467 007
Sul de Pinhel | 915 235 034
Terras de Massueime | 965 048 849
Valbom / Bogalhal | 961 829 297
Vale do Côa | 962 034 046
Vale do Massueime | 914 348 137
Vascoveiro | 914 640 727 Gabinete de Ação Social | 961 016 963

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *