Câmara de Seia associa-se a empresa local na produção de máscaras

A Câmara Municipal de Seia vai associar-se a uma empresa de confeções, com sede no Concelho, que está prestes a iniciar a produção de máscaras reutilizáveis para utilização em contexto extra-hospitalar, tendo já a autarquia acordado adquirir o primeiro lote de produção para setores de atividade que requerem um elevado grau de higienização.

A iniciativa visa suprir as necessidades em matéria de equipamentos de proteção individual, ainda mais essenciais num momento em que vivemos um problema de saúde pública sem precedentes.

Em reunião ontem com os promotores, o Município ficou a conhecer o protótipo versátil e de baixo custo, composto por um elemento descartável, que atua como agente absorvente e filtrante, desenvolvido com sucesso pela empresa após um intenso período de testes.

Os promotores que solicitaram, para já, o anonimato, disponibilizam o molde e estão a estabelecer uma rede de revenda não especulativa para fazer chegar o produto a todos quantos desejam.

O empresário senense José Manuel Rogeira (de comércio por grosso e a retalho não especializado de produtos alimentares e não alimentares/bebidas e tabaco), manifestou disponibilidade para financiar, integralmente, a aquisição que o Município fará do primeiro lote de produção daqueles equipamentos de proteção individual.

Para além da disponibilidade financeira, o empresário colocou ao dispor dos promotores recursos humanos e logísticos – mão-de-obra, transporte, aquisição de matérias-primas, entre outros – no sentido de agilizar a produção tão breve quanto possível.

A Câmara Municipal endereça o seu agradecimento ao empresário José Rogeira por mais um ato revelador de um grande altruísmo, inúmeras vezes evidenciado em outros momentos menos bons da nossa história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *