Prémio Eduardo Lourenço 2019 entregue esta tarde a Carlos Reis

Galardoado com o Prémio Eduardo Lourenço 2019, Carlos Reis, de 69 anos, recebe o prémio com que foi distinguido esta sexta-feira, na cidade da Guarda. A cerimónia vai decorrer pelas 17h30 na Sala Tempo e Poesia da Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço.

O professor e investigador da Universidade de Coimbra, Carlos Reis recebe hoje o prémio com o qual foi distinguido numa cerimónia a realizar pelas 17h30 na Sala Tempo e Poesia da Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço.
Segundo o vereador da Câmara Municipal da Guarda com o pelouro da cultura, Victor Amaral, o galardão vai ser entregue pelo professor catedrático da Universidade de Coimbra José Augusto Cardoso Bernardes.
Recorde-se que Carlos Reis foi o vencedor da 15.ª edição do prémio Eduardo Lourenço, no valor de 7.500 euros, atribuído pelo Centro de Estudos Ibéricos (CEI), com sede na Guarda. O anúncio do vencedor foi feito a 14 de junho e, na ocasião, o vereador da Cultura do município da Guarda afirmou aos jornalistas que Carlos Reis “encarna perfeitamente o espírito do Prémio Eduardo Lourenço”.
Instituído em 2004, o prémio destina-se a galardoar personalidades ou instituições com “intervenção relevante no âmbito da cultura, cidadania e cooperação ibéricas”.
Nas edições anteriores receberam o prémio Eduardo Lourenço a professora catedrática Maria Helena da Rocha Pereira, o jornalista Agustín Remesal, a pianista Maria João Pires, o poeta Ángel Campos Pámpano, o professor catedrático de direito penal Jorge Figueiredo Dias, os escritores César António Molina, Mia Couto, Agustina Bessa-Luís, Luís Sepúlveda e Basilio Lousada Castro, o jornalista e escritor Fernando Paulouro das Neves, o teólogo José María Martín Patino e os professores e investigadores Jerónimo Pizarro e Antonio Sáez.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*