Dezanove partidos e movimentos concorrem às legislativas pelo círculo da Guarda

Dezanove partidos e movimentos concorrem às eleições legislativas de 06 de Outubro pelo círculo eleitoral da Guarda. Nestas eleições o círculo da Guarda elegerá apenas três deputados, contra os quatro de 2015.

Segundo as listas consultadas pela agência Lusa no Tribunal da Guarda, concorrem por aquele círculo eleitoral o PDR, PCTP-MRPP, PURP, PNR, RIR, Livre, PPM, Iniciativa Liberal, PTP, Chega, Nós, Cidadãos!, MPT, PSD, PS, BE, PAN, CDU, Aliança e CDS-PP.
O PSD e o BE recandidatam os cabeças-de-lista de 2015: Carlos Peixoto pelo PSD; Jorge Mendes pelo BE.
Por sua vez, o PS apostar na renovação com Ana Mendes Godinho a encabeçar a lista, jurista e actual secretária de Estado do Turismo.
Henrique Monteiro é a aposta do CDS-PP; já André Santos é o candidato pela CDU, enquanto que o PDR – Partido Democrático Republicano candidata Joaquim Corista.
O PCTP-MRPP – Partido Comunista dos Trabalhadores Portugueses tem como cabeça-de-lista Miguel Fonseca; o PURP – Partido Unido dos Reformados e Pensionistas aposta em Adriano Ferreira. Pelo PNR – Partido Nacional Renovador candidata-se Manuel Pinheiro; pelo RIR – Reagir, Incluir, Reciclar é candidato Hermínio Lemos.
O Livre tem como cabeça-de-lista o independente Carlos Pinto; pelo PPM – Partido Popular Monárquico, António Maia.
Paulo Carmona é cabeça de lista do Iniciativa Liberal; Inês Sousa, é primeira pelo PTP – Partido Trabalhista Português.
O candidato do Chega é José António Marques e Rui Cordeiro do Nós, Cidadãos!.
O Partido da Terra – MPT Maria candidata Guida Campos; o PAN – Pessoas Animais e Natureza apresenta Tânia Duarte.
Ana Maria Mendes representa o Aliança na Guarda.
O sorteio da ordem em que os partidos vão aparecer nos boletins de voto, realizado esta terça-feira, no Tribunal da Guarda, ditou, em relação aos dois partidos com deputados eleitos, que o PSD surge em primeiro e o PS no 18.º lugar.

Círculo eleitoral da Guarda tem menos 11 mil votantes que em 2015
Segundo dados da Secretaria-geral do Ministério da Administração Interna, revelados pela Agência Lusa, o círculo eleitoral da Guarda tem, actualmente, 151.557 eleitores, menos 11.905 do que nas legislativas de 2015, o que origina a redução de quatro para três deputados.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*